APÓS QUASE 6 MESES COM PORTAS FECHADAS IGREJA MATRIZ REABRE APENAS PARA VISITAÇÃO E ORAÇÃO PESSOAL


O anúncio foi realizado na manhã desta terça feira (01), pelo Pe. Paulo Evangelista, pároco,  através do Programa "Boletim da Igreja", transmitido pelas redes sociais e pelas rádios Web A Padroeira e Patativa FM 105,9 Mhz. O sacerdote deixou claro o respaldo da ação na orientação emitida pela Diocese de Crato no último dia 25/08 em carta enviada ao povo de Deus, pelo bispo, Dom Gilberto Pastana, onde o mesmo, autoriza a reabertura apenas para oração pessoal e visitação ao Santíssimo Sacramento.

A paróquia emitiu nota oficial com os protocolos que devem ser seguidos pelos fiéis que venham até a igreja matriz para rezar, dentre os quais, estão o uso de máscaras, a utilização de álcool em gel e o respeito ao distanciamento social. A nota ainda deixa claro que as celebrações de sacramentos como batizados, casamentos e missas com a participação dos fiéis continuam vedadas. Sobre isso, o pároco, alerta que aguardará nova determinação da diocese para tomar novas decisões.

Confira a nota da íntegra:

Assaré/CE, 31 de agosto de 2020

 

  

NOTA AO POVO DE DEUS DE ASSARÉ

 

                        Queridos fiéis e amado povo de Deus,

 

                         Considerando o escrito do nosso bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana de Oliveira, em sua “Mensagem ao Povo de Deus na Diocese de Crato”, datada de 25 de agosto de 2020, acerca da Reabertura das Igrejas e capelas no território da diocese, comunicamos que a Matriz de Nossa Senhora das Dores em Assaré será reaberta apenas para ORAÇÃO PESSOAL e VISITAÇÃO AO SS., conforme as seguintes orientações:

 

1.      Para o acesso ao templo é obrigatório o uso de máscara facial;

2.      Será disponibilizado álcool gel 70% na porta de acesso a igreja;

3.      A Matriz estará aberta apenas em horário comercial, isto é, de 07h a 11h e de 13h às 17h;

4.      A realização dos sacramentos e participação presencial nas missas continuam VEDADAS;

5.      Não será permitido qualquer espécie de aglomeração no interior da igreja, ficando limitado ao número de até dez (10) pessoas por vez, respeitando o devido distanciamento social;

6.      O tempo máximo de permanência na igreja para cada fiel é de 30 minutos;

7.      Deve-se EVITAR o contato físico ou conversas próximas das demais pessoas que porventura estiverem no interior da igreja e TOCAR as imagens e objetos do templo;

8.      As pessoas que estiverem com febre ou sintomas de gripe devem PERMANECER em casa e cumprir o isolamento social;

9.      As capelas também poderão abrir seguindo as mesmas orientações, desde que disponha de algum membro para fazer o monitoramento;

 

Ressaltamos que estas orientações serão válidas a partir de 02 de setembro de 2020, e que DURANTE O PERÍODO DA FESTA DA PADROEIRA PERMANECEM ESTAS MESMAS ORIENTAÇÕES, INDEPENDENTE DA PROGRAMAÇÃO DA FESTA.

 

  Fraternalmente,

 

Pe. Paulo Evangelista da Costa da Silva

Pároco


Share:

#MUITOTRABALHO. PASCOM CELEBRA 1 ANO DE ATUAÇÃO COM NOVO GRUPO

 


A hashtag identifica muito bem os últimos meses da Pastoral da Comunicação (PASCOM) da Paróquia Nossa Senhora das Dores, que nesta segunda feira (31) comemorou o primeiro aniversário com a nova equipe.

A PASCOM visa fazer um trabalho de evangelização através das mídias sociais, como também junto a outras pastorais, grupos e movimentos. A mesma atua na comunidade utilizando os meios de comunicação disponíveis para evangelizar, estabelecendo uma comunicação interna e externa da vida pastoral da Igreja.

O objetivo para os próximos anos é estabelecer um estreita relação com os coordenadores de comunidade, pastorais e movimentos visando contar com os mesmo para a obtenção das notícias e eventos de seus  grupos, para alimentação das páginas de nossa Paróquia, o conteúdo das páginas é o meio de evangelizarmos com o testemunho de nossa fé e participação na vida da comunidade.

A paróquia conta hoje, com uma equipe de design, video, redação e transmissão. 

Nossas mídias sociais são:

Facebook e YouTube: Paróquia Nossa Senhora Das Dores de Assaré 

Instagram: @paroquiadeassare 

Site: www.paroquiadeassare.com.br

Rádio: Rádio Web a Padroeira 



Share:

DIOCESE DE CRATO SE MANIFESTA SOBRE A REABERTURA DAS IGREJAS, PORÉM, SACRAMENTOS PRESENCIAIS NÃO ESTÃO AUTORIZADOS. ENTENDA



        Na tarde desta terça-feira (25) a Diocese de Crato, por meio do bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, publicou nova Carta ao Povo de Deus relacionada a reabertura das igrejas e das atividades religiosas nas paróquias, igrejas e capelas do território da diocese. Na mensagem o epíscopo manifesta, ainda, preocupação com o quadro epidemiológico da região e afirma que ainda não é possível a retomada dos sacramentos de maneira presencial, no entanto, sinaliza a possibilidade da reabertura dos templos para visitação e oração pessoal, seguindo os protocolos de segurança para evitar o contágio pela COVID-19 e observando o Plano de Retomada da Economia do Governo do Estado.

        Não há data prevista para a reabertura. Todavia, as igrejas deverão ser reabertas A PARTIR DA TERCEIRA FASE do plano proposto pelo executivo estadual, que atualmente, segundo dados do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), a macrorregião do Centro Sul e Cariri, encontra-se na 2ª semana da 2ª Fase, conforme Decreto nº 33.722 de 22 de Agosto de 2020. 

Reprodução: IPECE

Confira o mapa detalhado clicando no link: 

https://www.sedet.ce.gov.br/2020/08/24/confira-a-classificacao-atual-dos-municipios-cearenses-no-plano-de-retomada-da-economia-2/

SOBRE A PANDEMIA

        Desde Março o Brasil e diversos países do mundo adotaram medidas de enfrentamento a pandemia do Novo CoronaVírus (COVID-19), desde isolamento social, testagem em massa e diversos mecanismos tecnológicos visando achatar a curva de contaminação e o colapso do sistema fragilizado de saúde. O Ceará foi um dos primeiros estados brasileiros que experimentou o alto índice de contágio e de mortes, especialmente na região metropolitana de Fortaleza, no início do surto; o mesmo, espalhou-se pelo interior do estado, demandando maiores esforços das autoridades para evitar nova onda de mortes e casos na proporcionalidade do que ocorrera na capital e região, e, para isso, medidas mais rigidas, como o "lockdow"  e a obrigatoriedade do uso de máscaras faciais, foram adotadas. Nas últimas semanas, o estado permanece no grupo de unidades da federação, em que o número de casos confirmados e óbitos tem diminuído, mas, para Dom Gilberto, o cenário ainda requer "um pouco mais de tempo e cautela" quando se trata das celebrações públicas e demais atividades pastorais. 

Para visualizar a curva epidêmica no Estado do Ceará, clique no link.

https://indicadores.integrasus.saude.ce.gov.br/indicadores/indicadores-coronavirus/coronavirus-ceara

E NA PARÓQUIA, COMO FICA?

        Na prática, significa que quando a macrorregião do Centro Sul e Cariri ingressar na 3ª Fase do Plano, por meio de Decreto Estadual, poderemos abrir nossas igrejas para VISITAÇÃO e ORAÇÃO PESSOAL, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias: uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel 70%, sem aglomeração e respeitando o distanciamento social. Para a realização de sacramentos (missas, batizados, casamentos, etc) devemos, por obediência e respeito aos nossos superiores, aguardar com fé e esperança, a novas determinações da Diocese de Crato.

Confira a Mensagem do Bispo, na íntegra:

MENSAGEM AO POVO DE DEUS NA DIOCESE DE CRATO

“[…] É na esperança que aguardamos”.

(Rm 8, 25)

Reiteramos o nosso compromisso com a vida, na qual está centrada a mensagem de Jesus, e pedimos aos fiéis que “alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação e perseverem na oração” (Cf. Rm 12, 12), oferecendo o desejo de receber os sacramentos, sobretudo a Eucaristia, na intenção de superar essa pandemia em vista do bem de todos. Esses sentimentos fortificam o espírito fraterno e garantem uma eterna recompensa (Prefácio da Quaresma, IV).

Com ternura e solicitude pastoral, também comunicamos às paróquias, às capelas, às comunidades e às famílias que, a partir da terceira fase de flexibilização das normas proposta pelo Governo Estadual, começaremos a abrir gradualmente as igrejas para visitas e orações individuais, sem ainda a celebração dos sacramentos. Essa decisão valerá apenas se a curva de contágio e o número de óbitos apresentarem diminuição, pois a pandemia da Covid-19 ainda semeia insegurança.

Quanto à retomada da vida eclesial de nossas comunidades, no que toca às celebrações públicas e outras ações litúrgicas e pastorais, ainda é preciso um pouco mais de tempo e cautela. Estas continuam a ser oferecidas aos fiéis pelos meios de comunicação e redes sociais online.

Que Nossa Senhora da Penha, Rainha e Padroeira desta diocese, seja nosso consolo, abrigo e esperança.

Dom Gilberto Pastana de Oliveira

Bispo diocesano


Matéria: Pastoral da Comunicação

Fonte: Diocese de Crato, Governo do Estado do Ceará


Share:

"AINDA É NECESSÁRIO UM POUCO MAIS DE TEMPO" AFIRMA DOM PASTANA EM NOVA MENSAGEM SOBRE A PANDEMIA DO NOVO CORONA VÍRUS

       Em nova mensagem publicada no último sábado (20), Dom Gilberto Pastana, bispo da Diocese de Crato, se dirigiu a todos os diocesanos tratando sobre a realidade da pandemia do novo Corona Vírus (COVID 19). No texto, o epíscopo juntamente com os padres integrantes do Conselho Presbiteral, entendem que ainda não é o momento de reabrir às celebrações presenciais, mesmo estando no plano de flexibilização da economia do Governo do Estado, a reabertura das Igrejas, seguindo protocolos.
       
       A mensagem expressa claramente que "ainda é necessário um pouco mais de tempo até que alcancemos o integral restabelecimento da vida eclesial de nossas comunidades." O bispo ainda afirma que o "caminho ainda é servir-nos dos Meios de comunicação e das Redes Sociais que têm grande abrangência e, seguramente, são instrumentos valiosos para levar a mensagem cristã, motivar a vida da “igreja doméstica”, fortalecer a prática da oração pessoal e familiar, assim como incentivar os gestos de partilha e solidariedade", evidenciando a continuidade da assistência espiritual aos fiéis através dos meios de comunicação social e rádios. 
         
         Ao final da carta, Dom Pastana, reforça e exortação a todos para que contribuam e obedeçam as medidas adotadas pelas autoridades para o combate a pandemia, "usando de bom senso e paciência", para o quanto antes superar esta realidade de calamidade. 
         
Confira a carta na íntegra clicando aqui

Colaboração: PASCOM Assaré
Fonte: Diocese de Crato

Share:

NOTA DA PARÓQUIA AO POVO DE ASSARÉ


Na tarde desta quinta feira (04) o pároco, Pe. Paulo Evangelista se dirigiu ao povo de Assaré, por meio de nota oficial, para reforçar as medidas de combate e prevenção ao novo Corona Vírus, diante do aumento de casos, inclusive de óbitos, registrados no município em decorrência da doença.

Assaré, conforme último boletim epidemiológico, divulgado na noite desta quarta feira (03) registrou nove (09) casos confirmados, sendo, seis (06) pacientes em tratamento, um (01) paciente curado e duas (02) mortes. A situação é considerada "preocupante" pelo padre que o motivou a se manifestar solicitando dos fiéis maior empenho e consciência no atendimento as orientações e determinações das autoridades.

Confira na íntegra a nota:

DIOCESE DE CRATO
PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES



NOTA AO POVO DE ASSARÉ


“Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”
Deuteronômio 30:19

Estimados Assareenses,

                        Desde o início desta pandemia a nossa Igreja Católica atendendo às orientações diocesanas e observando as determinações das autoridades sanitárias, tem buscado manter a assistência espiritual aos seus fiéis através dos mecanismos de comunicação social e atendimentos remotos e individualizados, evitando aglomerações. Inclusive, garantindo a participação e orientação virtual por meio dos programas audiovisuais e da Santa Missa diária, com o mínimo de pessoas servindo.

                        Recentemente, tomamos conhecimento, acompanhando os boletins epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde, do aumento de casos confirmados de contágio pelo Covid-19, inclusive de novo óbito, em nossa cidade. Diante disto, consideramos importante explicitar nossa preocupação e reforçar junto ao povo de Deus, as medidas já adotadas que visam preservar a vida e garantir o atendimento eficaz do sistema de saúde àqueles que dele necessitam. Portanto, comunicamos que:

ü  As missas que vierem a acontecer com transmissão, terão apenas a presença do padre e, no máximo, duas pessoas, devidamente protegidas;
ü  A coleta do dízimo deverá ser realizada, PRIORITÁRIAMENTE, pelo missionário do dízimo de cada setor – devidamente protegido e higienizado – que entregará numa data a carteirinha e recolherá em outra data, OU por DEPÓSITO/TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA, evitando assim, que o(a) dizimista saia de casa;
ü  Fica feito o apelo A TODA POPULAÇÃO ASSAREENSE, em especial, AOS CRISTÃOS CATÓLICOS, para que FIQUEM EM CASA e preservem a vida de nossas famílias. Neste momento crítico, viver ou morrer depende muito de nossas atitudes.

Estamos certos e confiantes que se todos nós fizermos nossa parte, sem dúvida alguma, nosso Pai Criador continuará a nos proteger e nos livrar de todo mal. Que nossa padroeira, Nossa Senhora das Dores, interceda sempre pelo nosso povo e nos ajude a superar essa situação de tribulação.



Que Deus nos abençoe!



Pe. Paulo Evangelista da Costa da Silva
Pároco de Assaré 
Share:

CORONA VÍRUS: Igreja orienta os fiéis sobre a participação nas liturgias visando colaborar com a prevenção

A Diocese de Crato, entre tantas do país, se manifestou na ultima sexta feira (13), orientando seus fiéis sobre atitudes e comportamentos nos rituais litúrgicos, em detrimento da pandemia mundial do Corona Vírus (COVID-19). Leia a nota na íntegra:

Nota da Diocese de Crato sobre a prevenção ao Coronavírus
Crato, Ceará, 13 de março de 2020
A graça e paz de Deus nosso Pai, a todos vós, padres, diáconos, religiosas, leigos e leigas na nossa diocese de Crato.
Como vosso pastor, tenho acompanhado, em oração, a repercussão do coronavírus (Covid-19) pelo mundo. O alto número de casos tem posto a Igreja ainda mais em alerta, sobretudo neste tempo em que vivenciamos a Campanha da Fraternidade, cujo tema nos impele à promoção da fraternidade e da vida, como dom e compromisso.
Em primeiro lugar, é importante que elevemos a Deus súplicas e preces na intenção de que Ele elimine do meio do povo essa enfermidade (Ex 23, 25) e inspire os médicos e pesquisadores na descoberta de medicamentos eficazes no combate a esse vírus.
Depois, como medida de prevenção, é necessário seguir as orientações das autoridades de saúde e os procedimentos de higiene, como lavar correta e frequentemente as mãos até a altura do pulso, com água ou álcool em gel, por exemplo. O autocuidado e a responsabilidade social são de grande ajuda neste momento.
De nossa parte, a responsabilidade eclesial paira nos momentos celebrativos. É importante, nesse sentido, evitar dar as mãos durante a oração do Pai-Nosso e no abraço da paz. Basta-nos uma leve inclinação de cabeça e os mesmos sentimentos fraternos ficam mantidos. Já durante a comunhão, como a Igreja prescreve, podemos recebê-la estendendo a palma da mão esquerda, levando-a à boca com a direita, mantendo igual piedade e devoção.
Por fim, observemos também o cuidado em relação às “fake news”, as notícias falsas, compartilhadas para alarmar a população. Devem ser evitadas e combatidas por todos nós. A busca de informações deve ser sempre feita em fontes confiáveis.
Em Cristo, para cuja Páscoa nos preparamos, confiantes e em oração.
Dom Gilberto Pastana de Oliveira
Bispo diocesano de Crato
Venha o Teu Reino

A Pastoral da Pessoa Idosa - PPI também emitiu nota sobre o assunto.

Share:

WEB TV A PADROEIRA

Redes Sociais

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram RSS Feed Email
Se Não Conseguir Ouvir a Rádio Clik Aqui

Clik no APP da Web Rádio A Padroeira

As Mais Lidas

Click e Baixe o Aplicativo no Google Play

Ouça No Radios Net

Visualizações do Site

Arquivos do Site