Conselhos Paroquiais

Conselho de Pastoral Paroquial - CPP

Este conselho é previsto no Can. 536, § 1 e 2 do Código de Direito Canônico e sua natureza é consultiva. É composto por membros fiéis da comunidade paroquial que, em plena comunhão, com a Igreja Particular, se propõem, a auxiliar o pároco no trabalho pastoral e missionário na paróquia. São objetivos do CPP: 

  1. suscitar e promover, em nível paroquial, exercício da corresponsabilidade, pela efetiva participação de todo o Povo de Deus (leigos, religiosos e padres) na atividade pastoral, ficando responsável pela realização da Assembleia Paróquia de Pastoral.

  2. examinar a realidade religiosa, cultural, social e política da Paróquia à luz da Palavra de Deus e dos documentos da Igreja e estimular ações transformadoras que a tornem sinal do Reino de Deus;

  3. definir e programar as atividades pastorais paroquiais, em comunhão com o plano diocesano de pastoral;

  4. fazer da paróquia a casa e a escola da comunhão, incentivando a unidade entre comunidades, pastorais, movimentos e serviços;

  5. elaborar e acompanhar o planejamento e o plano paroquial de pastoral;

  6. apresentar sugestões ao conselho econômico,  para aplicação de recursos em atividades pastorais;

  7. alimentar a consciência missionária, romeira, vocacional, comunitária, na comunidade;

  8. promover a Espiritualidade e a Formação Pastoral das lideranças paroquiais;

  9. indicar os representantes da paróquia para as equipes diocesana de pastoral.

 

O CPP possui uma coordenação paroquial que possui um mandato de 04 anos, sendo estes, eleitos em Assembleia Paroquial convocada pelo pároco, presidente nato do conselho. Os demais membros (Vice-Presidente, Coordenador e Secretários), são eleitos internamente, após a assembleia.

Conselho de Assuntos Econômico - CAE

O CAE também é previsto no Código de Direito Canônico no número 537, possui caráter consultivo/deliberativo e seu principal objetivo é ​assessorar o Pároco na administração dos bens materiais da paróquia.

Os membros, são escolhidos/indicados pelo pároco (art. 8 do Regimento Interno) e confirmados enquanto conselheiros, mediante provisão do Bispo Diocesano, para as funções de: Vice-Presidente (Coordenador-Geral), Tesoureiro, 1º e 2º Secretários e, para as três vagas do Conselho Fiscal, sendo o pároco, Presidente - nato - do CAE. Os fiéis indicados/escolhidos devem deter as seguintes características:

I. Residir no território da paróquia;
II. Ser de reconhecida idoneidade moral e vivência da fé católica;
III. Ter experiência em negócios ou conhecimentos administrativos;
IV. Ser orientados e formados pelo Pároco com as informações devidas da estrutura jurídica, hierárquica, organizacional e administrativa da Igreja.

O mandato deste conselho também é de 04 anos.

Conselho Comunitário de Pastoral - CCP

Sendo de livre opção de cada Diocese e estabelecido pelo Bispo Diocesano este conselho é uma via de organização e animação pastoral para as comunidades/capelas vinculadas a Paróquia. Conforme art. 2º do Regimento Interno, o Conselho Comunitário de Pastoral (CCP) é o grupo de pessoas que coordena, orienta e anima os trabalhos pastorais e administrativos da Comunidade Eclesial, tendo em vista a evangelização da comunidade e da sociedade, à luz dos ensinamentos de Jesus Cristo, das opções pastorais e orientações da igreja, assim como do Plano Diocesano de Pastoral (PDP). Dentre as finalidades previstas, destaca-se, essencialmente:

  • Integra e anima as pastorais, os trabalhos de evangelização e a vida da comunidade, seguindo as orientações da igreja (DAp. 170, DGAE 156).

§ Único - Quem coordena a comunidade é o Conselho e não o coordenador [do Conselho]. Isso despersonaliza a figura do coordenador, evitando conflitos, favorecendo a tomada de posições mais participativas e a sustentação das decisões em equipe.

  • Administra os recursos financeiros da comunidade, tais como os bens móveis e imóveis pertencentes a ela, conforme estabelece o Código de Direito Canônico nº 1280.

§ Único - O Conselho Comunitário de Pastoral, além de prestar ajuda ao Pároco no Plano de Pastoral, tem a finalidade de administrar os bens da comunidade, fazendo com que se tornem instrumentos úteis no campo da Evangelização.

  • Representa a comunidade na assembleia paroquial e nas reuniões oficialmente convocadas pelo Conselho Paroquial de Pastoral (CPP).

  • Acompanha a prestação de contas mensal, apresentada pela Pastoral do Dízimo e outras formas de arrecadação, registrando assinatura do (a) coordenador (a) e do (a) tesoureiro (a) do CCP nos balancetes mensais.

Os membros que compõem o CCP, são basicamente os agentes de pastoral ativos e assíduos na vida da comunidade que representam as pastorais/movimentos presentes na referida localidade. Assim como os demais conselhos, o mandato é de 04 anos.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram